quarta-feira, 20 de junho de 2007

Crise do webdesign

Uma das coisas que mais me incomoda nos dias de hoje é essa onda de todo mundo ser webdesigner. Eu, como já exerci profissionalmente essa função, fico incomodado em ver que a pessoa abre um Photoshop da vida e já acha que é designer. Sabe fazer uns códigos HTML e fazer uma bolinha pular no Flash e pensa que é só o que precisa para um site.

Tecnicamente, não é difícil mesmo ser webdesigner. É uma questão de aprender, se dedicar. É algo que pode ser aprendido sozinho, inclusive. Mas quando se fala no trabalho de criação, de modo mais amplo, não dá pra dizer que saber mexer no Flash adiante. Até porque conheço gente que não tem conhecimento técnico da ferramenta, mas que elabora sites. Muito bons, por sinal.

Conceitos importantes como usabilidade, estudo de cores, arquitetura da informação, tudo isso vai pro ralo quando alguém escolhe o amigo do primo para fazer o site da empresa. "É simples", é a frase que sempre ouvimos. "Tá caro" é outra. O vizinho, que tem 14 anos, faz "a mesma coisa" por R$ 300. E sabe o que é pior? Ele realmente não sabe diferenciar um trabalho do outro.

Ainda bem que eu quero mesmo ser jornalista. Que viver de webdesign o que.

2 comentários:

  1. Huahuan pior q eh verdade...
    O engraçado é q as pessoas vivem falando q sabe isso e aquilo e qdo vc pede ajuda numa coisinha idiota a resposta é sempre a mesma "é complicado" complicado nada o problema é que nao sabe mesmo e fica por ai dizendo q eh designer..
    Eu aprecio mto esse trampo e c for pra te-lo pago o que for para te-lo com qualidade..

    Te adoro Fê..
    Bjokas amoreeee

    ResponderExcluir
  2. jaciara7:43 PM

    Jornalista? Ihhh, precisamos conversar...rsrsrs

    ResponderExcluir